Publicado por: adrianemaraujo | 31/07/2010

Vivendo em fidelidade e renúncia com Jesus sempre vale muito a pena!

Nesses dias estava lembrando das vezes que precisei renunciar e ser fiel (obediente) desde que Deus me revelou que o Alexandre seria meu esposo. Quando eu o conheci tinha feito um propósito com Deus, não para casar, mas para me comprometer com Cristo.  O propósito foi o seguinte: derreti umas poucas jóias de ouro que tinha e mandei fazer uma aliança pra mim. Fui sozinha para o altar da igreja, que eu frequentava na época, e comecei ali a orar, disse pra Deus que naquele momento fazia uma aliança de amor e fidelidade a Ele. Pedi ao Senhor pra restaurar a minha vida por completo (eu tinha voltado pra Jesus naqueles dias), e na área sentimental eu falei com Deus que eu não queria encontrar um namorado, mas quando o Senhor me desse, que fosse um marido. E disse que naquele momento o Senhor era o meu marido, eu tinha recebido uma Palavra no livro de Isaías que o Senhor era o meu marido. Falei com Deus que queria um homem cheio do Espírito Santo, um levita, um homem que amasse o meu filho como um pai, um homem temente a Deus e que me amasse como Cristo amou a igreja. Chorei muito, tanto que fez uma poça de lágrimas, e nessa poça eu fiz um coração, coloquei a aliança dentro e depois a coloquei no meu dedo. E disse ao Senhor que só quem tiraria aquela aliança seria o meu marido com a benção Dele. Dali, me entreguei mais ainda a obra do Senhor, trabalhei com fervor, dedicação  e o Senhor me usava poderosamente, pude ter a honra de servir ao Pastor e a igreja. Ajudei na intercessão, na libertação, na congregação filiada, trabalhei com crianças, em ministração do encontro com Deus, servindo, ministrando nas células (cuidando de vidas). E assim fui prosseguindo. Até que em 2003 conheci o Alexandre, eu estava com 24 anos e ele com 21 aninhos apenas. Meu filhinho já estava com 3 pra 4 aninhos. Comecei a perceber nele uma paixão e uma dedicação por Jesus, pelo reino de Deus e pela igreja. Vi muita pureza em seu coração e em suas atitudes. Mas nem imaginava que passava algo no coração dele a respeito de mim, por causa da diferença de vida que levávamos. Mas o amor de Deus nele me atraía cada dia mais. E Deus me mostrava que ele era um escolhido que havia algo grande nele, que eu não conseguia explicar. Fazíamos de tudo para ficarmos perto um do outro, mas sem que nenhum dos dois percebessem que ali existia um grande amor. Ficamos 5 meses flertando, se conhecendo, conhecendo os amigos um do outro. Só que nessa época, ele servia a um ministério muito diferente do meu. Era bem diferente do que eu estava acostumada, ele tinha uma banda de punk/hc, ministrava ao povo underground. Aquele mundo pra mim era novo, mas Deus queria fazer eu experimentar algo novo e profundo que marcou a minha vida. Enfim, conseguimos revelar o nosso amor um ao outro, foi uma luta, mas depois de muito choro aos pés de Jesus e tantas confirmações, nos revelamos. E daí fomos aos nossos pastores, que de início ficaram um pouco preocupados por causa da nossa diferença de ministérios. Até que fui pedida em casamento, e ele tirou a aliança do meu dedo e disse ao Senhor: Senhor tomo essa aliança e faço dela minha aliança contigo em amá-la e cuidá-la para Ti. Confesso que foi algo muito forte pra mim, mas muito recompensador, poder esperar e confiar no Senhor. E graças a Deus, ele é um homem cheio do Espírito Santo, adorador, fiel e cuida de mim com toda dedicação, é o provedor da minha casa, é um homem que me ama e me respeita muito, do jeito que orei e com um toque acrescentador de Deus, pois Ele sempre nos surpreende. Mas ali (no noivado) começava a minha renúncia e fidelidade. Depois de muito buscar a Deus e sofrer, tive que tomar a decisão de seguir meu futuro esposo e me aliançar na igreja que ele participava. Deus me pedia para segui-lo. Foi muito doloroso, eu amava meu povo e Deus mandou eu deixar minha parentela. No dia que fui recebida como membro da nova igreja, o Pastor teve uma revelação de Deus e me ordenou a Diaconisa. Foi um momento muito poderoso em Deus receber aquela unção no primeiro dia, só Deus faz isso! E ali trabalhamos muito, poucos meses depois casamos e em seguida tivemos nossa filhinha. Interessante que Deus falou ao coração do Xande que precisavámos aprender sobre família, pois a nossa referência não era segundo os ensinamentos de Deus, e o Senhor nos chamou a congregar no Projeto Vida Nova, onde temos aprendido de Deus e muito sobre família, pois quando as famílias são fortes a igreja é forte.

Eu sempre sonhei em fazer faculdade, sempre busquei ser muito estudiosa, mas nunca consegui concluir minha faculdade, chegava a começar e parava. Da primeira vez parei pra cuidar do meu primeiro filho. Quando casamos o Xande precisava fazer faculdade e senti que deveria investir nele primeiro, pois ele é o mantenedor, falei com ele que abria mão de continuar pra que ele começasse e terminasse a dele. Depois veio minha segunda filhinha. Graças a Deus o Xande terminou a faculdade e iniciou no Seminário Teólogico por direção de Deus. As dificuldades financeiras chegaram e aí meu sonho foi ficando pra trás. Mas não me arrependo nenhum minuto em ter cedido, pois era certamente a melhor coisa a ser feita para benefício da nossa família. O que eu sei disso tudo é que o Senhor não se esquece de um filho jamais! A dois anos tento entrar pra uma faculdade pública, parei de trabalhar fora pra me dedicar aos meus filhos. Mas estou sempre estudando, só que tive um segundo grau fraco e a muitos anos atrás, e para entrar pra uma faculdade pública precisamos de uma boa base pelo menos. Ainda não consegui entrar, o curso que quero fazer é o de Letras (Port. / Inglês), sei que preciso aprender essa língua universal (inglês) com excelência e o português com responsabilidade, pois quero muito escrever um (ou mais) livro nesses dois idiomas. E Deus sempre me fala profeticamente que vai me usar nas nações. E também amo dar aula, acho que deixamos um pouco de nós nas pessoas, um pouco do que é bom. Amo ser semeadora de conhecimento. Atualmente ministro aula de cidadania num colégio no ensino fundamental, recebi o convite da diretora por intermédio de Deus (outro dia conto), dou aula de inglês num pré-vestibular comunitário, pois Deus me falou pra que eu investisse nisso, como fiz curso de inglês me coloco a disposição pra ajudar os alunos e ministro aula da Palavra de Deus sobre Vida devocional na Escola de Artes da minha igreja. E a cada dia percebo que tenho dom pro ensino, estou sendo aperfeiçoada por Cristo.

E hoje, pra honra e glória de Deus, recebi uma linda resposta de Deus, como Deus é maravilhoso. Já cheguei a pensar que faculdade não era mais pra mim, são 15 anos tentando, já dava pra ter feito 3 ou 4 faculdades. Hoje eu fui pro monte orar com a minha pastora, com a missionária e com uma diaconisa da minha igreja, fizemos um propósito de jejum e subimos ao monte para clamarmos ao Senhor pelo Congresso das Mulheres e pela nossa igreja. Depois de orarmos e sentirmos a presença tremenda de Deus, apareceu um irmão que cuida do monte e começou ali a ser usado por Deus nos revelando coisas tremendas que só Deus sabia. Quando chegou na minha vez, ele disse: “Irmã, eu vi claramente que Deus colocava em suas mãos um diploma, Ele me mostrou Salmos 32:8 e me mostrava você entrando pelas portas da faculdade. E disse que tem te ouvido e que esse conhecimento que você vai adquirir vai ser pra conquistar territórios.” Irmãos, meu coração transbordou de gratidão a Deus, eu não fui ali pra buscar isso, eu fui ali pra interceder pela igreja e Deus generoso como é, me deu esse lindo presente. Me deu força pra continuar e me abriu essa porta que sempre sonhei. Eu tenho certeza que em breve vou contar aonde estou estudando e vou postar o dia da minha formatura! Aleluia! Eu creio em nome de Jesus!

Vale a pena ser fiel a Deus, ser obediente, renunciar pra que os propósitos de Deus se cumpram, porque boa, perfeita e agradável é a Sua vontade.

Vou ler hoje o livro de Rute e certamente Deus vai ministrar ao meu coração mais ainda sobre fidelidade e renúncia. Assim como Rute eu não fiz nada obrigada, eu renunciei por amor, pra que Deus honrasse minha família e certamente Ele me recompensará, assim como fez com Rute. Não que Ele precise me recompensar porque Ele sempre faz muito mais do que eu mereço, pois nada me faz merecedora do Seu amor e da Sua graça, mas porque Deus é bom e Seu amor dura para sempre! Aleluia! Glória a Jesus!

Amo vocês profundamente!

Anúncios

Responses

  1. Irmã Adriane, por favor, irmã, ore por mim e minha família pois estamos piores que a família de Jó!
    Como eu faço para assinar?
    Por favor, minha filha, não deixe de se contactar comigo, em nome de Jesus!!
    Carlson.
    02/08/2010.

  2. Irmão estarei orando por você, fique em paz! Amanhã estarei no monte e colocarei seu nome na intercessão. Não se compare a nada e nem há ninguém, você é único e especial demais pra Deus. Renda-se ao Senhor! Confie!

  3. Nossa mas que belo testemunho!!!!!
    Deus é tremendo, naquele que é fiel e justo!!!!!!!!
    vc é tremendamente usada!!!!!!!!!!!!!!
    louvado seja o nome do Senhor pra todo o sempre!!!!!!!!!!!!

  4. Deus é Ma-ra-vi-lho-soooo… Muito linda sua história!

    Graças a Deus!

    Que ele abençoe a sua familia cada dia mais.

    (:


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: